14 de jun de 2011

TENDÊNCIA = CONSUMIDOR

Se pararmos para avaliar a moda atual: De onde vem a moda? O que é tendência?

Não podemos negar que vivemos tempos cheios de intensidade e de profusão de informação nos bombardeando com novidades a todo o momento. Este abastamento de comportamento social contribui diretamente na formação da via de expressão mais comum da humanidade: a moda.

Com a expansão do setor têxtil e seus afluentes, percebe-se na moda inúmeras possibilidades de negócios e o crescimento do setor. Com este desenvolvimento e amplitude, o consumidor passa a ter mais possibilidades na escolha do produto, levando em consideração cada vez mais seu anseio pessoal. 

O consumidor final exige estilo, qualidade, exclusividade e inovação. Preço e conforto, nem sempre, afinal os valores estéticos (de acordo com cada grupo social onde se vive), tem grande peso sobre o que fazer, o que usar, o que ser.

Com adequações e direcionamentos de consumo a democratização da moda ocasiona uma grande expansão nas formas de uso da roupa e paralelamente extingue de vez a imposição de shapes, cores, temas e estilos por estação. O consumidor, consolidado como o grande formador de conceitos de moda, exige cada vez mais e é visto de forma diferente por ser considerado a principal tendência dos tempos atuais.

O produto se direciona de acordo com a pretensão e necessidade de seu consumidor. Tem de tudo para todos e tudo em velocidade recorde, na velocidade da luz, na velocidade da informação. As possibilidades da moda tornam-se infinitas e cabe a cada um escolher o que mais combina com seu perfil e estilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário