2 de nov de 2011

BETTIE PAGE - Pin Up

A norte-americana Bettie Page nasceu em 1923 em Nashiville. Conhecida como a “Rainha das Pin Ups”, atingiu o auge de sua carreira como modelo na década de 50. Conhecida pelo estilo e visual simbólico (principalmente os cabelos pretos com franja alinhada), é referência e copiada até os dias atuais.

Nos “anos dourados” foi imortalizada com os trabalhos registrados pelas lentes dos fotógrafos Irving Klaw e Bunny Yeager. Em Janeiro de 1955 posou nua na Playboy e recebeu no mesmo ano o título de “Miss Pin Up Girl Of The World”, dado por Hugh Hefner idealizador da revista.

Um dos nomes mais polêmicos de sua época, foi influente personagem na revolução sexual nos anos 60. Durante sua fama, foi alvo de investigação do senado norte-americano e a maior referência em sadomasoquismo e fetiche.

Atualmente as fotos e vídeos de Page são praticamente ingênuos, mas causaram exaltação e controvérisias nos anos 50. Page tomava sol nua, amava a moda, criou modelos consagrados como a tanga com estampa de onça e foi (e ainda é) ícone de beleza.

Converteu-se ao cristianismo nos anos 60 e passou o resto de sua vida longe da mídia voltando a aparecer apenas nos anos 90 em entrevista publicada na Playboy: "Eu não estava tentando chocar ou ser uma pioneira. Eu não estava tentando mudar a sociedade ou estar à frente do meu tempo. Eu não penso em mim como liberada, e acredito que não fiz nada importante. Estava sozinha e não conhecia nenhuma outra forma de ser, ou qualquer outra maneira de viver.”

O fim de sua vida foi cercado por transtornos metais e passou muito tempo enclausurada em hospitais psiquiatrícos. Em dezembro de 2008 foi enternada com pneumonia, entrou em coma e faleceu 2 semanas depois.

Bettie está enterrada em Westwood Vilage Memorial Park Cemetery e sua lápide registra o seguinte: “Bettie Page... Queen Of The Pin Ups










Nenhum comentário:

Postar um comentário